musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - ATO DE CIDADANIA - CHICO COSTA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Ato de Cidadania letra


Explodem greves, manifestações por todos os cantos,
por todos os cantos eruditos, ditos popular...
Há guerra entre os povos civilizados de um lado do mundo que se diz civilizado enquanto casais recém-casados descasam à despeito a situação dos nossos jovens, velhos aposentados são hostilizados, marginalizados, pela alta sociedade que se auto-denomina sociedade que assiste à tudo calada...
Sexo, drogas,seqüestros, estrupos... a tudo calada...

Crianças morrem de fome, de frio, de bala perdida, de bala endereçada da polícia, é... Da polícia, ou melhor de um membro desumano, subumano fabricado pela tela em frente as câmeras televisas...
Jovens se drogam, se prostituem e matam, e morrem, e morrem e matam, e matam... e matam... são hostilizados, marginalizados, pela alta sociedade que se auto-denomina sociedade que assiste à tudo calada...
Sexo, fome, drogas, seqüestros, estrupos... a tudo calada...

Famílias inteiras são exterminadas nas favelas, nas calçadas, embaixo das pontes (a mais nova moradia popular de quem não tem moradia popular para morar)e a náu segue a deriva sem lembrança do passado, sem memória ou boemia, sem poesia...

O Rio de Janeiro ainda é lindo embora seja mais sangrento enquanto cresce o concreto abastrato na cidade, na Cidade de São Paulo... Cresce e engrandesse a paisagem suburbana e subumana na Cidade de São Paulo...
Sexo, fome, drogas, miséria,seqüestros, estrupos... a tudo calada...

E nossos negros espalhados pelos guetos tem a falsa liberdade assistida e assinada pela nossa sociedade assassina e assassinada...
Em meio a poesia caótica, paradoxal de cores e credos e nomes, prosopopéia babélica de raças e cores e credos e nomes...

E a alta-burguesia da cidade se desfaz em importados enquanto nas esquinas os meninos e meninas cheiram cola pra se sentirem alimentados, alienados...
São hostilizados pela nossa sociedade que assiste à tudo calada...

Sexo, fome, drogas, miséria, seqüestros, descaso, estupros, violência... à tudo calada...

Sem falar da corrupção e de nossos corruptos incorruptíveis e etc e tal.

Chico Costa - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br